Move It Sports

Página inicial Move It Sports
 

Fitness

Jairo Cadete

Jairo Cadete Pedroza é formado em Educação Física na Universidade Castelo Branco,RJ. Com 16 anos de experiência em academia, especializado em aulas coletivas, como Body Pump, RPM(ciclismo indoor) e CXworx, além de ginástica localizada. Foi Treinador Pro Latin American, da Body Systems/Les Mills por 8 anos.

Estou Grávida, posso fazer musculação?
 

Compartilhe

  • Facebook oficial Move It Sports
  • Twitter oficial Move It Sports

05/07/2013

Jairo Cadete


Antes de qualquer coisa, descobriu que esta grávida, vá ao médico ou se foi e descobriu estar grávida, pergunte ao seu médico.

 

Posso fazer musculação?
 
Sim, mas vai depender de muita coisa.
 
Musculação é uma modalidade considerada de médio risco para a gravidez. Os principais perigos são as lesões ósseas e lesões musculares, redução de fluxo sanguíneo à placenta e, consequentemente, ao feto, aumento da pressão arterial e da temperatura corporal da mulher.
 
Você terá que mudar muita coisa em seu treino. Começando pela carga, se você malha muito pesado, pode tratar de mudar. As cargas excessivas podem causar lesões e outras coisas a mais, ditas ai em cima... Pense!!!
 
Agora, para quem sempre treinou mais leve, essa não é a hora de querer virar um “monstro”. Quem nunca praticou exercícios físicos deve iniciar com atividades físicas de baixa intensidade: hidro, natação, caminhada, hidro bike etc... mas sempre com a orientação de um profissional da área e com o aval de seu obstetra.
 
Ai vem outra pergunta. Grávida pode nadar? Caminhar? Fazer hidro?
 
Sim, pode fazer tudo isso, mas com a liberação do médico e a orientação de um profissional de educação física.
 
Normalmente depois do 3º mês de gravidez que isso acontece. Depois de ter feito todos os exames de gestação, o médico libera.
 
Os exercícios durante a gravidez já foram considerados um tabu. As mulheres eram aconselhadas a ficar sem fazer nada, deitadas e só “engordando”.
 
Mas isso mudou. Sendo a atividade física recomendada durante toda a gravidez pelos médicos, exceto para aquelas que apresentem algum problema na gravidez.
 
A prática regular de exercícios pode trazer muitos benefícios às futuras mães. Muitos desconfortos comuns na gravidez, como a tendência à formação de varizes e dores nas costas, podem ser aliviados pela prática de exercícios. Com a musculação você pode fortalecer principalmente a musculatura das costas. Um bom programa de exercícios pode ainda melhorar a postura, causada pela inclinação anterior do quadril (projetando a barriga para frente), através do fortalecimento dos músculos das costas, peito, ombros, abdômen e quadril. Os exercícios também melhoram a circulação sangüínea, reduzindo o inchaço e as cãibras nas pernas.
 
Manter-se ativa fisicamente, ajuda no controle de peso e promove o bem estar e ânimo. Exercícios com a cintura e o quadril podem ajudar a controlar os músculos da bexiga e a prevenir a incontinência urinária. Enfim, a atividade física na gravidez é uma unanimidade! Mas, atenção! Para começar qualquer programa de exercícios nesta fase, até mesmo para atletas, é necessária a aprovação do médico que irá acompanhar toda a sua gestação.
 
Uma última coisa... uma curiosidade.
 
A uns anos atrás, eu estava assistindo uma partida de vôlei entre dois times do Rio, isso tem bastante tempo. E tinha uma jogadora de vôlei, que era o craque do time que estava grávida de 7 meses, ela pulava, atacava, dava rolamentos no chão como se não estivesse grávida. Era impressionante o que ela fazia. O seu médico que na época estava assistindo a TV, a viu jogando e foi ao ginásio onde rolava a partida e a tirou de quadra.
 
Isso realmente aconteceu, mas por motivos, não falarei o nome dos times e nem quem era, apenas digo, hoje ela tem quatro filhos sendo três atletas. Ela foi um verdadeiro “monstro” nas quadras do Brasil.
 

Fotos

 

Mais dicas

1 2 3 > >>

Leia mais

Siga o Move It Sports no Twitter


Curta-nos no Facebook

Receba as novidades por e-mail:

 
Site desenvolvido pela Ato Interativo Agência Web